Em Novembro de 2010, comemoram-se os 550 anos sobre a morte do infante D. Henrique. Mais do que reescrever as páginas da sua vida, o presente colóquio pretende dar enfoque à sua herança, numa abordagem cronológica que se inicia nos anos que precedem a sua morte e que vai até à contemporaneidade.
As acções de D. Henrique tiveram um efeito irradiador que se prolongou para lá da sua vida. Para se compreender, cabalmente, os efeitos da «empresa» que dirigiu deve atender-se às suas consequências em diversas áreas, como a náutica ou o conhecimento geográfico.
As diferentes artes, da literatura à escultura, e à própria historiografia, encarregaram-se de transformar o Infante num ícone da identidade portuguesa. O mito, tanto como o homem, apresenta-se como um riquíssimo objecto de análise.

Programa

Pesquisar no Site

Redes Sociais

Contactos

Morada

Museu Nacional de Arte Antiga
Rua das Janelas Verdes
1249-017 Lisboa

Telefone: 213 912 800

Fax: 213 973 703

E-mail: direccao@apha.pt